RADAR RESET: desert lifestyle, Califórnia vibes e resgate de práticas milenares entre as nossas marcas-desejo de beleza – por Renata Kalil

Desde que escrevi sobre o “renascimento da beleza”, como chamei as novas marcas que movem os nossos desejos hoje – em sua maioria, marcas engajadas em causas importantes, marcas de clean beauty, independentes, autênticas e com abordagem ética – prometi voltar para mais! Hoje queria falar sobre elementos perfeitamente incorporados por alguns nomes gringos que você talvez não conheça e que vejo ganharem cada vez mais brilho no nicho da beleza livre de crueldade, vegana, clean, sustentável…. lá fora.

A nostalgia dos 70’s, o desert lifestyle, as Califórnia vibes e o resgate de práticas milenares dão alma a essas marcas. Wonder Valley, Bathing Culture e Rainbo são algumas delas. Mais do que produtos, elas criam um “estado de espírito”, uma cultura, um estilo de vida. Do trio, só a Rainbo é canadense, apesar de vibrar na frequência californiana, que é de onde surgiram Wonder Valley e Bathing Culture. As três marcas são pequenas, têm número limitadíssimo de itens – tudo cruelty-free, vegano, clean, criado sob a ótica do wellness e com um quê de misticismo no discurso… Eu conto mais aqui embaixo.

A Rainbo cria suplementos e alimentos funcionais baseados no poder curativo dos cogumelos. Fundada por uma nutricionista holística e entusiasta de práticas de bem-estar conectadas com a natureza, Tonya Papanikolov, a marca acredita que funghi, chaga e plantas adaptogênicas são o caminho para a longevidade, a imunidade, a expansão de corpo e mente. Mais: além de resgatar os benefícios dessas matérias-primas, usadas por milhares de anos pela medicina tradicional chinesa, a Rainbo propõe incluir os cogumelos na rotina com suplementos diários.

A marca tem 7 fórmulas, com funções como: reforçar o sistema imunológico, minimizar os níveis de stress… um chá e um produto que acho muito interessante, o Forest Juice, um maple syrup com cogumelos medicinais (chaga, reishi e turkey tail) para adoçar cafés, panquecas, iogurtes e o que mais puder pensar. Taí uma tendência que eu amo: marcas de suplementos lançando alimentos com benefícios especiais; nomes de beleza lançando suplementos… você entendeu!

A Wonder Valley, nome de beleza que vive o autêntico (e tão hypado) “desert lifestyle” diretamente de Joshua Tree, Califórnia, faz parte desse movimento: entre os seus óleos faciais riquíssimos, há um azeite para cozinha dos mais saborosos que já experimentei, o Olive Oil Wonder Valley. Assim como a Rainbo e a Bathing Culture, a marca é um desdobramento do estilo de vida de seus fundadores, Alison Carroll, que trabalhava como responsável pelo controle de qualidade do California Olive Oil Council e Jay Carroll, diretor criativo com background em moda e design de interiores.

Assim como a Rainbo, a marca também resgata práticas milenares como a de se banhar em azeite de oliva – comum entre os deuses da mitologia grega. Além do óleo facial, os itens de beleza da Wonder Valley incluem sérum facial, um Oil Cleanser, sabonetes em barra e óleo corporal – todos têm azeite de oliva na fórmula e são veganos e livres de crueldade animal.

Bathing Culture é a segunda do trio made in Califórnia – nascida em São Francisco. Seu produto-estrela é o sabonete líquido Mind and Body Wash, de fórmula orgânica, vegana, cruelty-free, com alternativa de embalagem de vidro “refilável”. A história da marca, fundada por dois amigos, Spencer Arnold e Tim Hollinger, é contada em torno de suas aventuras – ciclismo, surfe… – e da sensação de nunca ficarem limpos mesmo após o banho. Eles notaram que os cleansers disponíveis no mercado eram de fato insuficientes ou agressivos  demais pra pele.

Lembro que a primeira vez que li isso fez todo sentido para mim. A água da Califórnia é muito diferente da água que temos no Brasil e muitos sabonetes que uso em São Paulo, por exemplo, não funcionam quando estou em Los Angeles, tenho a sensação de que minha pele nunca está limpa. O Mind and Body Wash foi criado para limpar a pele de verdade, mas de forma saudável (não-tóxica), gentil e sustentável. Ele também tem azeite de oliva na fórmula, entre outros ingredientes nutritivos.

A Bathing Culture, é toda construída em torno do ritual do banho. A marca vende seu sabonete líquido em diversas versões, sal de banho, óleo corporal, diversas esponjas e a revista Hamam Magazine. Lançada em 2020, a publicação impressa em inglês e turco é toda temáticas sobre banho e práticas de wellness.

Recomendo muito um tour pelos perfis de Instagram da Wonder Valley, Bathing Culture e Rainbo e seus fundadores, que são uma extensão das marcas – todos ultra inspiradores! Ah, e na nossa recém-lançada página de Pinterest tem pastinha de referência que construímos a partir dessa matéria. Pra espiar é só clicar aqui. Espero que goste 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s